09 novembro, 2013

Na noite passada, em meio aos beijos eu abri os olhos e fiquei te olhando por um bocado de tempo, só para ter certeza de que era você, e não foi por mera vaidade, foi para matar desde já a saudade que vou sentir. Depois de tantos desencontros, a gente se encontrou, logo agora e bem na hora da despedida...  Não sou de idealizar nada, e procuro não criar expectativas, mas seria hipocrisia da minha parte não admitir que sonho em ouvir você  dizendo que andou pensando em nós, e que gosta de mim. Isso seria o fim das minhas dúvidas e o começo de tudo. Sabe, não sou de desistir fácil, mas também não insisto pra sempre! Me cansei de paixões mal resolvidas e desse ponto de interrogação no meio da gente.  A pior pergunta que existe é “e se”. E se arriscássemos? Vale o risco? Eu sei, a gente pode ser um só, eu e você em uma melhor. É só você me dar a mão, que eu te mostro como vai ser!
O tempo tá passando, e eu aqui, só querendo ouvir você pedindo para eu ficar, mesmo que isso não valha para o momento. Saber que me quer do seu “lado”, já seria animador. E depois, se o nosso destino for ficarmos juntos, a distância não vai interferir, sei que é clichê, mas não há mais nada para dizer, além de te mostrar que se você me quer e eu te quero, não existirão problemas que não passaremos por cima! Mas não estou esperando que você aceite, não é humano pedir que fique comigo nessas circunstâncias. Vai ser difícil, e estou nos colocando em suas mãos. A escolha é sua, mas a chance é nossa.
Só não esqueça que eu sou inteira demais pra aceitar algumas metades, e eu quero respostas, sorrisos imediatos, pedidos... E você comigo, para aguentar essa barra toda. Porque com você eu sou forte, me dá coragem de enfrentar tudo, e com você eu sou feliz. Vamos fazer um jogo? Todo amor que eu te der, você me dá em dobro.
Larga de marra e me mostra o que você tem a me oferecer, tira essa ideia louca que eu tenho na cabeça de que eu sou só mais uma, sou um objeto, e de que estou sendo iludida de novo! E se for verdadeiro, e se for preciso, diga que ama no supermercado, na fila do cinema, lavando a louça, na garagem de casa, em meio a multidão. Sem cerimônia, diga baixinho, rindo, gritando, antes do outro, sem esperar ouvir o mesmo.
Cara, eu fico pensando, existem tantas garotas tão melhores por aí... Tão mais, digamos apropriadas. Por que você escolheria meu número na agenda? A minha janela para passar a madrugada jogando papo fora no facebook? Me explica, meu bem, quais são suas reais intenções? Porque eu não to de brincadeira, você sabe. Não é meu estilo ficar com alguém só por ficar, quando eu amo, enquanto eu amo, é de verdade. Sei que nem tudo tá certo, mas com calma se ajeita. E só espero que quando chegue a nossa hora, a gente perceba isso.
Seus olhos são cheios de paz, a sua boca é o meu ponto de equilíbrio, você inteiro para mim é o que eu mais preciso, no momento e até no fim dele. Se você soubesse o que eu sinto, você não iria me deixar ir assim, você nunca iria virar as costas. Perdoe minha ansiedade e não desiste de mim... Ainda que eu não lhe diga tudo que você representa para mim, repare no jeito em que eu te olho e te toco, dá pra saber que é diferente. Sei que metade da culpa desse nosso “talvez” é minha, mas eu estou tentando me esforçar para dizer tudo que eu guardo de você em mim.
Só que neste momento, temos que esquecer tudo que tememos, e dizer que nunca iremos desistir! Eu vou ser o seu apoio quando precisar, e 710 km ficarão perto quando não existir mais distância entre nossos corpos. Pode parecer impulso, mas se digo o que sinto, ainda que por uma fração de segundo, é porque é verdadeiro. Já que dizem que o sublime está no banal das pequenas coisas. E daí se o “eu te amo” está perdendo o impacto? Não deveria servir para chocar ninguém mesmo.
Eu já te perdi uma vez, e vou lutar para que aquela tenha sido a ultima. Eu tentei te convencer, antes e agora, mas caberá ao nosso amor o que há de vir... E enquanto isso, eu vou te embriagando nos finais de semana para poder ouvir um pouquinho de suas verdades (ou meias verdades), suas declarações e seus sentimentos, é o jeito! E pra te ter eu estou disposta a jogar sujo! Porque eu tenho vivido minha vida sem você por tempo demais...
Para onde eu for eu sei que é você quem me faz sorrir, não tenha pressa... Por que toda vez que me segura em seus braços eu fico confortável o bastante para sentir o seu calor? É eu não consigo fingir, ainda que tente esconder: Você me tem... E não há distância que me faça te esquecer.

Eu preciso que você me veja do jeito que eu te vejo, eu preciso de você!

Maria Luíza Facholi

0 comentários:

Pesquise

Ariane Rodrigues, 18 anos,canceriana, romântica nata, curiosa, confusa, intrigante e cheia de irônias. Louca pela família e amigos .Futura jornalista, ama ler, ouvir músicas do tipo que acalmam a alma. Apaixonada por moda e pela Demi Lovato ♥.

  

Facebook

Seguidores

Marcadores

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Tradutor